Oi, todo mundo?

Mesmo em tempos de quarentena, podemos viajar para outros lugares e conhecer pessoas do mundo inteiro graças a tecnologia. Por isso, vim dar uma dica de um app que estou usando faz um tempinho e tenho gostado muito.

Eu lembro que na minha pré-adolescência, eu e meus amigos trocávamos cartas quase toda semana. Não era nada enviado por correio, nós entregávamos em mãos. Tenho uma caixa grande cheias de cartas de amigos e ~crushs~ da época. Era uma forma carinhosa de demonstrar o quanto aquela pessoa era importante, pois além do trabalho de escrever, a gente também enfeitava toda a carta e tínhamos até formas de dobrar o papel diferente para não usarmos envelopes. Adolescentes dos anos 2000 vão se identificar com isso 😀 Fora a coleção de papel de carta que a gente nunca usava.

Ultimamente por viver lendo Jane Austen, enviar cartas e se corresponder com alguém dessa forma é algo que eu tenho vontade de fazer. Mas vamos combinar que nos dias de hoje é quase impossível achar alguém disposto para isso.

O app Slowly foi um jeito que encontrei de matar essa vontade e ainda por cima conhecer pessoas de outros países. Nele você troca cartas digitais com qualquer pessoa do mundo. Você cria um perfil e coloca temas de interesse, assim ele encontra para você pessoas que também tenham interesses semelhantes e te conecta a elas.

O que mais gosto nele é que dependendo para onde a “carta” é enviada, ela demora X dias para chegar. Não é instantâneo, ou seja, você fica ansiosa (de uma jeito bom) para receber a resposta. Também tem selos de temas variados que você vai ganhando conforme usa o app, assim pode enviar cartas com diferentes selos.

Tudo é muito seguro, ninguém consegue colocar foto, você só consegue criar um avatar com as opções que o site dá. Suas informações são confidenciais, a única coisa que a outra pessoa sabe de você é seu nome de usuário (não precisa colocar o seu verdadeiro), país onde mora, idade, gênero, signo (eu como a louca do signo, adorei essa parte), língua que fala e se quiser aniverário. Eles também tem várias políticas para que não tenham aquelas pessoas pervertidas que aparecem em qualquer lugar.

Já me correspondi com pessoas do Brasil, EUA, Coreia do Sul e Argentina. Também nunca tive problemas com ninguém (mulheres sabem o que eu estou falando). Uma das coisas que faço é sempre escolher outras mulheres para enviar cartas, isso me deixa ainda mais segura. Não é uma regra, você pode se corresponder com quem quiser.

Um bônus do app é que eu estou conseguindo treinar meu inglês. Já que a maioria das pessoas com quem me correspondo tem essa língua em comum para se comunicar.

Aqui estão os links para download do app na Google Play e App Store.

Meu nome lá é Jenn C, se me acharem, me enviem uma carta 😀

Espero que tenham gostado da dica.

Até a próxima!